________

15 dezembro 2010

Dica de instrumento: Udu

Esse instrumento chamado Udu, que descobri a pouco tempo fuçando na internet é fantastico. De origem na Nigéria.

Leia um pouco sobre ele:
O udu (ou Ibodrum, ou moringa) é um instrumento de percussão originário da Nigéria e foi criado há centenas de anos por oleiras da etnia Ibo que repararam nas propriedades acústicas de alguns potes quebrados. Actualmente, este instrumento cerâmico, parte aerofone e parte idiofone, extravasou as fronteiras da sua origem africana e faz parte de formações musicais de diversos géneros por todo o mundo.

A tinaja está mais associada ao flamenco, mas pertence à mesma família de instrumentos, nos quais podem ser aplicadas técnicas de percussão do Médio Oriente, Afro-Cubanas e Indianas. A espessura da parede é um factor fundamental para a qualidade do instrumento juntamente com o tamanho e a forma da câmara de ressonância. Na Olarikaya, fazem-se udus e tinajas de vários tamanhos e formas, em notas diferentes e em função do instrumentista.

A côr final resulta da adição de óxidos colorantes na formulação da pasta, do tipo de cozedura e, mais recentemente, da aplicação de terra sigillata, uma técnica ancestral de decoração. E cada instrumento é único. Porquê? Porque o barro vermelho é recolhido numa praia na zona de Peniche ou na zona do Areeiro nas encostas de Loulé e são as mãos do oleiro que criam a forma e harmonizam as diversas forças em equilíbrio nas voltas da roda. As mesmas mãos que recolhem o barro, apanham a lenha e acendem o fogo, pois alguns destes udus e tinajas são cozidos num forno a lenha construído por elas e por mãos amigas, outros são cozidos num forno a gás onde se pode brincar com a atmosfera.

A cozedura tradicional em forno a lenha agiliza "nuances" de côr e textura em cada instrumento, completando o jogo alquímico entre os 4 elementos que começa na Terra, fonte do barro, ganha forma na roda com a Água que o lubrifica e termina no Fogo do forno, em que o Ar e/ou a falta dele definem o tipo de atmosfera. E se a função primordial de um instrumento é o Som, o som de cada udu ou tinaja é a cristalização de um caminho comum mas diferente e por isso, único. Um caminho que não termina depois do instrumento estar acabado e pronto a ser tocado..
Fonte




2 comentários:

  1. Caramba, interessante a sonorosidade do instrumento. show de bola o post.


    Abraço pra ti clorophila.

    THIAGO CARDOSO
    www.technoaco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito massa essa técnica percussiva, já vi um grupo de Recife tocando instrumentos asemilado a esse, muito lindo o som, importantissimo para a cultura em si.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails