________

31 março 2010

Por onde andam os vencedores das outras edições do BBB

BBB 10 - Marcelo Dourado ganhou o prêmio de R$ 1.500.000. O que ele fará com o dinheiro? Isso ainda não sabemos, mas relembre os ex-BBBs vencedores e veja o que fizeram com o dinheiro.

BBB 1 – Kléber Bamba
Kleber Bambam
Ao disputar a final do primeiro BBB, em 2002, contra a modelo Vanessa, Kléber Bambam saiu vitorioso com 68% dos votos do público. Já fora da casa, Bambam fez participações em programas de humor (como "A Turma do Didi", da Globo, em 2002) e no cinema (no longa "Didi, o Cupido Trapalhão"). Ainda hoje, o dançarino participa de humorísticos e integra a equipe do "Show do Tom", da Record. Em 2006, posou nu para a revista G Magazine.
No início de 2008, o dançarino foi detido por desacato no Rio de Janeiro. Parado pela Polícia Militar quando dirigia embriagado, ele não deixou que revistassem o carro. Um ano antes, ele se envolveu em uma briga na boate Warung, em Itajaí (SC). Nos dois casos, Bambam foi levado à delegacia e liberado depois de prestar depoimento.
Em entrevista ao Babado, Bambam revelou ter dois projetos que pretende colocar em prática no ano que vem: "Bambam e as frutas" – um show de funk com as mulheres frutas – e participar de um grupo de hip hop dos EUA que conheceu quando passou seis meses nos EUA.
Com os R$ 500 mil que ganhou no programa, Bambam comprou apartamentos e investiu em sua carreira de dançarino e cantor. Ele contou: "O BBB mudou a minha vida porque abriu as portas para o trabalho. Com o prêmio que ganhei, comprei três apartamentos no Rio e mexo com a construção de condomínios".


BBB 2 – Rodrigo Caubói

Rodrigo Caubói
Rodrigo, o primeiro “caubói” do BBB, venceu a segunda edição do programa, que também aconteceu em 2002, após disputar a final com Manuela e ficar com 65% dos votos do público. Fora do confinamento, ele engatou um romance com Thais Ventura, também participante do BBB2 (que ficou conhecida como "corrimão", já que jogava charme para todos os homens da casa).
Em agosto de 2007, Rodrigo chegou a ser preso acusado de estelionato e tentativa de homicídio, e teve que recorrer à família para pagar os R$ 30 mil de fiança. Ele também foi detido após tentar forçar a entrada em uma área restrita da Festa do Peão de Barretos, no interior de São Paulo.
Com os R$ 500 mil que ganhou de prêmio, Rodrigo arrendou uma fazenda em Goiás e comprou bois. Além disso, passou a marcar presença como VIP em eventos. Hoje, não aparece mais em eventos e tem um programa de rádio chamado "Comando Sertanejo". O namoro com Thaís terminou em 2006.

BBB 3 – Dhomini

Dhomini
Dhomini venceu o BBB 3, em 2003, após disputar a final com a professora Elane e ficar com 52% dos votos do público. No confinamento, o mineiro conquistou o coração de Sabrina Sato, com quem se envolveu mesmo tendo uma namorada do lado de fora da casa, mas o romance com a atual musa do “Pânico” não decolou.
Dhomini voltou para Goiânia, onde mora até hoje. Em 2004, o ex-assessor parlamentar candidatou-se a vereador na cidade, mas não se elegeu. No ano seguinte formou a dupla sertaneja Dhoni & Dhomini, que se apresenta por todo o Brasil. Em 2006, o agora cantor se casou com Adriana, com quem tem dois filhos: Clara, de 2 anos, e Pedro, de 4 anos
Com o prêmio de R$ 500 mil, ele ajudou a família, comprou um jet-sky e casas.

BBB 4 – Cida
Cida
Em 2004, Gecilda dos Santos, a Cida, foi a campeã do BBB 4 e a primeira mulher a vencer o reality show. A ex-babá ganhou de Thiago, com 69% dos votos.
Com o prêmio de R$ 500 mil, ela trocou a quitinete onde morava por uma casa grande com piscina e churrasqueira e comprou alguns terrenos. Além disso, montou um bazar que administra no Rio. "A minha vida mudou muito depois que eu participei do BBB. A parte financeira, então, nem se fala. Eu consegui comprar a minha casa, que era o meu maior sonho, comprei alguns terrenos, abri um bazar e ainda consegui investir um dinheirinho. Com isso, melhorei um bocado a minha condição de vida", contou, em entrevista ao Babado.

BBB 5 – Jean Wyllys

Jean Wyllys
Jean venceu o BBB 5, após disputar a final com Grazi Massafera, em 2005. O professor conquistou 55% dos votos do público e levou R$ 1 milhão para casa. Foi a primeira – e, por enquanto, única – vez que o valor do prêmio foi aumentado.
Primeiro intelectual a participar do BBB, Jean foi pivô do grande racha que dividiu a casa logo na primeira semana de programa. Suas qualidades de líder e a boa relação com as mulheres deixaram o médico Rogério e seus companheiros PA e Giulliano incomodados. Os três combinaram a indicação do baiano para o primeiro paredão. Magoado por ter recebido seis votos, Jean assumiu publicamente ser gay e disse estar sendo vítima do preconceito dos outros participantes.
Atualmente, Jean dá aulas na ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), atua como jornalista e escritor, produz e dirige shows. Além disso, ele escreveu três livros – entre eles, "Ainda Lembro", que chegou a ficar entre os mais vendidos do País.
Jean evita dar entrevistas sobre o Big Brother e não comenta como gastou o dinheiro que ganhou no programa.

BBB 6 – Mara

Mara
Mara foi a segunda mulher a ganhar um BBB, em 2006. A auxiliar de enfermagem venceu a sexta edição do programa e levou o prêmio de R$ 1 milhão após enfrentar o casal Mariana e Rafael na final e ficar com 47% dos votos do público.
Após sair da casa, onde era uma conselheira para os outros participantes, ela voltou para Porto Seguro, na Bahia, e ajudou os dez irmãos. Ainda com o prêmio, conseguiu pagar o tratamento da filha que tem paralisia cerebral e comprou uma pousada. Além disso, Mara transformou sua antiga casa em uma escola particular com preços populares para alunos até a quarta série do ensino fundamental.

BBB 7 - Diego Alemão 

Diego Alemão
Quando entrou na casa do BBB 7, em 2007, Diego Alemão não era levado a sério pelos outros participantes. Mas, com o tempo, mostrou que poderia ser um vencedor, o que incomodou o adversário Alberto Caubói, com quem trocou farpas dentro da casa. Protagonista de um triângulo amoroso divertido com Íris e Fani, Alemão foi o vencedor que mais recebeu votos em todas as edições, ficando com 91% contra a estudante de direito Carol Honório na final.
Alemão namorou Íris por alguns meses fora da casa, mas o romance não decolou. Ele participou da “Dança no Gelo”, do Faustão, em 2007 e de diversas campanhas publicitárias. Atualmente, o paulista apresenta o programa "Nem Big, Nem Brother" no canal Multishow, em que exibe os vídeos de participantes que não foram selecionados para entrar no BBB.
O administrador de empresas investiu parte do prêmio de R$ 1 milhão comprando uma pick-up e abriu a W1 Produções e Eventos, que agencia celebridades e ex-BBBs. Além disso, ele tem um contrato até 2010 com a Globo.

BBB 8 – Rafinha

Rafinha
Rafinha foi o grande sortudo do BBB 8, em 2008. Além de entrar na casa aos 45 do segundo tempo, o paulista de Campinas levou vários prêmios para casa, além de R$ 1 milhão, após uma final acirrada com a modelo piauiense Gyselle.
Mesmo milionário, Rafinha afirma que não tem obsessão por dinheiro e que ainda não gastou nada do prêmio, preferindo deixá-lo guardado no banco. Com os cachês que ganhou em campanhas publicitárias e aparição em eventos, Rafinha comprou instrumentos para sua banda Mipt e trabalha na pré-produção do primeiro disco.

BBB 9 – Max

Separou-se de Francine e hoje namora Kah Pinheiro (??). Continua amigo de Flávio (também do BBB9). Não há informações sobre como Max aplicou seu dinheiro. 


Outros:
BBB1
Xaiane - voltou a ser dançarina em bares

BBB2
 Manoela - hoje é professora de Cabala
Moisés - voltou para Porto de Galinhas e abriu um restaurante
Cida - Voltou a profissão de aeromoça, porém sem sucesso. Atualmente trabalha em uma companhia de teatro.
Thaís - trabalha como personal trainer.
Fernando - iniciou carreira como modelo tendo um relativo sucesso. Foi preso duas vezes: uma em 2005, por injúria e crime de racismo, e outra em 2008, acusado de espancar um travesti. Em 2009, sofreu um acidente automobilístico, ficando paraplégico. Está em reabilitação.
Pra você que não lembra: Fernando
BBB3Sabrina - faz carreira no programa "Pânico na TV"
Juliana - é atriz da Globo
Dilsinho MadMax - montou uma dupla sertaneja: Victor & Dilsinho (sic). Ano passado fez uma turnê pela Europa.

BBB4
Rogério - voltou a sua antiga profissão: zelador de cemitério
Antonella - voltou a seu país, a Argentina.
Thiago - é sócio de um restaurante em Niterói (RJ).
Rogério - Trabalha como médico na Santa Casa de Ribeirão Preto
Buba - provavelmente o destino mais triste: foi preso, em 2005, acusado de tráfico de drogas. Admitiu ser viciado em drogas e estar financeiramente mal. Morreu em 2006, aos 34 anos, vítima de um câncer no abdômen.

BBB5
Juliana - Também segue a carreira de atriz, na Globo.
Grazi - talvez a mais bem-sucedida ex-bbb, é, atualmente, uma das atrizes "queridinhas" da Rede Globo.
Tati Pink - Retomou sua profissão de cabeleireira, porém abriu seu próprio salão de beleza.


BBB6

Agostinho - trabalha atualmente como vendedor das Casas Bahia, no Rio de Janeiro.
Léa - chegou a fazer um filme pornô, porém se arrependeu da empreitada entrando na justiça para proibir a comercialização do filme. Hoje é massagista.
Inês - é vendedora.
Juliana - é modelo.
Carlão - teve uma irmã assassinada em 2009

BBB7

Íris - foi contratada pela Rede TV! e hoje é uma das apresentadoras do TV Fama.
Pablo - voltou à Argentina, não antes de ter sido preso por depredação de patrimônio no aeroporto internacional de Guarulhos.


BBB8
Marcos - é chefe de cozinha em um restaurante na cidade de Vitória (ES).
Marcelo - Abriu um consultório de psiquiatria no Rio de Janeiro.

BBB9
Priscila - anda fazendo dinheiro ao posar para revistas masculinas e aparecendo em eventos.
Emanuel - é chamado para eventos e desfiles.
Ana Carolina - seu pai foi preso acusado de pertencer a uma quadrilha de exploração de jogos ilegais.Flávio - mudou-se para Porto Alegre e apresenta um programa de TV local.


Fontes: Quatro minutinhos

0 milhões de comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails